jump to navigation

Monitor velho como floreira maio 27, 2015

Posted by cmidsm in Uncategorized.
add a comment

Hoje em dia os monitores de tubo ou monitores convencionais são tendência à descartabilidade. SAM_0114Devido as novas tendências tecnológicas à uma grande aquisição de monitores de tubo no Cmid, por meio das doações. Em decorrência do seu tamanho acabam ocupando muito espaço, tendo um alto grau de obsolescência. Visando á problemática os educandos do Projeto Educando para a Cidadania I e II, orientados pelo educador Luciano Silva, deixaram a criatividade rolar e aquele monitor velho servirá como uma floreira. Mesmo que no seu prelúdio, já é possível ver uma floreira bem bonita, sem custo algum.
Então que tal usar aquele monitor velho como uma floreira?

Anúncios

“O projeto Jabuti Edu pretende divertir crianças enquanto elas desenvolvem o raciocínio lógico e tomam contato com a programação.” maio 22, 2015

Posted by cmidsm in Uncategorized.
add a comment

Está sendo trabalhado no Centro Marista de Inclusão Digital o projeto de robótica Jabutiedu, com os educandos das turmas de Robótica Livre Básica, Educando para a Cidadania e a Turma especial de Robótica da Escola Marista Santa Marta. Em um primeiro momento foi apresentado o módulo livre, e posteriormente o modulo 2, onde os alunos fazem a programação e enviam para a jabutiedu. O educador interage com os estudantes efetuando os comandos, e a JabutiEdu realizando as tarefas como a fala, piscar dos olhos, e andando para frente para tras e para os lados, conforme a quantidade de passos solicitados pelo estudante em sua programação, ou seja, o projeto Jabutiedu é uma ferramenta de programação, que desenvolvendo no educando habilidades de raciocinio lógico e interação entre o grupo, bem como conceitos de matemática, digitação, compreensão básica de comunicação wifi e redes.Sem títuo a Sem título

E que comecem os jogos maio 6, 2015

Posted by cmidsm in Uncategorized.
add a comment
15

Dando os ultímos ajustes para o grande desafio. O desafio consiste em um trajeto com retas, curvas. Orientado por uma linha que deverá ser seguida pelos robôs sem interação humana.

Amanhã quarta-feira, 05/5, acontecerá mais um Desafio Interno de Robótica, esse desafio faz parte do projeto que o educador Michel Rodrigues vem desenvolvendo mensalmente com os educandos da Robótica Livre Avançada.

carros

Seguidores de linha preparados para competir.

O projeto é fruto das reuniões pedagógicas do ano passado onde foram relatadas as dificuldades que os educandos enfrentam, frente aos grandes campeonatos de robótica e acabam não sabendo lidar com as emoções, consequentemente acabam desistindo ou entrando em pânico, cometendo erros por excesso de nervosismo perante outros alunos de outras escolas.

A ideia central do projeto é promover a inclusão e prepará-los para os grandes desafios mostrando que eles podem competir de igual com jovens de outros lugares, trabalhando sua auto-estima.
Através do desafio, recriar o mesmo cenário dos campeonatos, para que os educandos experimentem a sensação real de participar de um grande evento, sendo possível trabalhar posteriormente o comportamento e a auto-estima deles.

org

Últimos reparos na pista.